­

Apartamento localizado na cobertura de um edifício da década de 1960, no bairro de Higienópolis.
A proposta de intervenção é austera. A restrição de recursos levou a busca por soluções construtivas sóbrias para a reforma completa do apartamento. O projeto foi elaborado com base nessa premissa para uma execução racional e otimizada. A distribuição dos ambientes foi praticamente preservada. A marcenaria é o elemento essencial para organização e identidade dos espaços totalmente despojados.


ficha técnica | residencial

local:
São Paulo, SP
projeto:
2020
área construída:
170 m²
arquitetura:
Márcia Terazaki
colaboradores:
Murilo Romeu, Mateus Kimura